Logomarca Sinmetal

Notícias

FGTS de contas inativas teve impacto maior que o esperado, diz Santander

06/07/2017 | Folha de S. Paulo


O dinheiro liberado das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) teve um impacto maior que o esperado no sistema financeiro e na economia, afirmou nesta quarta-feira (5) Sérgio Rial, presidente do Santander Brasil.

Segundo ele, o impacto dos recursos liberados fez o banco reduzir a PDD, provisão contra calote de clientes. "O FGTS teve um impacto muito maior do que o que a própria imprensa e o mercado foram capazes de entender", disse.

Rial afirmou, porém, que é preciso esperar pelo menos seis meses para avaliar o real impacto do dinheiro no sistema financeiro e na economia como um todo.

"Estou fechando o segundo trimestre agora. Foi muito bom o PDD de novo", completou o executivo, sem dar mais detalhes. O Santander Brasil divulga seu resultado do período de abril a junho no dia 31 de julho.

No primeiro trimestre, as provisões do banco contra calote caíram 6,6% em relação ao mesmo período de 2016, para R$ 2,26 bilhões. Já a inadimplência recuou de 3,3% no primeiro trimestre do ano passado para 2,9% em igual intervalo deste ano.

A liberação dos recursos de contas inativas do FGTS foi uma medida adotada pelo governo para tentar animar o PIB (Produto Interno Bruto). A expectativa era de que fossem injetados cerca de R$ 30 bilhões na economia brasileira.

Em seu balanço mais recente, a Caixa Econômica Federal informou que já registrou o pagamento de mais de R$ 38,2 bilhões para 22,6 milhões de trabalhadores.

Segundo dados da CNC (Confederação Nacional de Comércio de Bens, Serviços e Turismo), os recursos retirados de contas inativas provocaram um impacto positivo de R$ 7,2 bilhões nas vendas ao varejo em março e abril.

A partir deste sábado (8), os nascidos em dezembro poderão retirar os recursos. A janela para sacar o dinheiro termina no próximo dia 31. Quem deixar de resgatar dentro do prazo terá que se submeter às regras normais para saque —como em caso de câncer.

CONTAS INATIVAS

A Caixa antecipou os pagamentos das contas inativas dos FGTS para sábado (8) para as pessoas que nasceram em dezembro.

A previsão inicial era de que o dinheiro ficaria disponível a partir de sexta (14).

O prazo para o saque do dinheiro vai até 31 de julho para todas as pessoas. Quem deixar de resgatar os valores a que tem direito até a data-limite só poderá fazê-lo posteriormente de acordo com as regras normais de saque do FGTS —como em casos de doenças como Aids e câncer.

De acordo com o banco, são mais de 2,5 milhões de brasileiros com direito a saque a partir de julho e o valor disponível neste mês é de mais de R$ 3,5 bilhões —o equivalente a 8% do total disponível, segundo a Caixa.

No balanço mais atualizado, o banco informa que já registrou o pagamento de mais de R$ 38,2 bilhões a 22,6 milhões de trabalhadores.

ATENDIMENTO ESPECIAL

No sábado (8), a Caixa vai abrir mais de 2.000 agências em todo o país entre 9h e 15h, exclusivamente para realizar pagamento de contas vinculadas FGTS, solucionar dúvidas, promover acertos de cadastro dos trabalhadores e emitir senha do Cartão Cidadão. A relação das agências está no site da CAIXA.

Na segunda (10), o banco também promove a abertura de todas as suas agências às 8h para atendimento a trabalhadores relacionado às contas inativas.

Confira a notícia na íntegra.

O SINMETAL não é responsável pelas notícias aqui transcritas, são apenas reproduções da mídia.

Filiado ao Sistema FIRJAN
Associe-se ao Sinmetal